Guia de confecção de moldes de borracha de silicone.



1. DESENVOLVENDO E PREPARANDO A MATRIZ
O desenho e preparação da matriz é o passo mais importante do processo de preparação. Primeiro, elimine todas as falhas, ranhuras e outros fatores indesejáveis da superfície da matriz. A mesma tem que estar muito bem limpa de sujeira e pó, porque o silicone reproduz fielmente todos os detalhes da superfície. Para evitar manchar o original e prevenir a inibição da cura da borracha em modelos porosos, teste uma pequena amostra na superfície da matriz.
2. MEDIDAS
Passe um desmoldante adequado na matriz e cerque-o com um recipiente ou forma adaptada , calcule o volume necessário para cobrir a matriz e multiplique por aproximadamente 1,5 e terá a quantidade em peso necessário para a forma. (não esqueça de descontar o volume da matriz). O meio mais correto de separar a quantidade de material necessário para a aplicação é por peso. Pese a borracha em um recipiente limpo que seja quatro vezes o volume da quantidade pesada para que seja de fácil mistura e desaeramento por vácuo sem transbordar.
3. ADICIONANDO O CATALISADOR
A borracha de silicone e o catalisador são fornecidos em dois componentes líquidos em embalagens próprias. Adicione o catalisador à borracha de acordo com a especificação de proporção de mistura preferencialmente por peso.
4. MISTURA
Misture a borracha e o catalisador com uma haste ou espátula limpa. Após a completa mistura, você terá um líquido de coloração e textura homogênea. Em misturadores potentes, dois ciclos de 20 segundos são suficientes. Quando usado estes ou outros métodos de mistura, raspe o material aderido nas laterais e no fundo entre os ciclos de mistura.
5. EVACUAÇÃO OU DESAERAÇÃO
Para prevenir bolhas no molde de borracha de silicone, remova todo o ar incluso no processo de mistura. Para isso, coloque o recipiente com a mistura em uma câmara de vácuo. Quando sob a 29 mmHg de vácuo, a desaeração completa ocorre em aproximadamente 5 minutos após a espumação cessar.
Caso não possua câmara de vácuo, deixe descansar por 10 minutos e proceda com muito cuidado e atenção o próximo passo.
6. DERRAME
Para evitar aprisionar ar, derrame a mistura o mais próximo possível da matriz. Quando trabalhar com matrizes complexas, pincele-a com a mistura nas reentrâncias e espere por aproximadamente cinco minutos. Este processo pode provocar bolhas de ar. se isso ocorrer, quebre as bolhas com ar comprimido ou espátula. Só então despeje o restante da mistura.
7. CURA
O tempo de manuseio pode variar de 5 minutos a 2 horas dependendo da quantidade e do tipo de catalisador escolhido. A cura da borracha de silicone será à temperatura ambiente em aproximadamente 24 horas, podendo variar de acordo com o tipo de catalisador e sua quantidade. Sempre lembrando que ao trabalhar com sistemas de cura mais rápido, o tempo de manuseio também diminui. Não é recomendável retirar o molde antes de 24 horas, mesmo se já endurecido pois ainda pode sofrer deformações.
8. DESMOLDAGEM
Para desmoldar a borracha curada da matriz, remova todo o suporte do molde puxando lentamente e continuamente. Para prevenir rasgos, evite movimentos curtos e brutos. Não use instrumentos afiados ou pontiagudos para remover o molde da matriz.
Após removido é só despejar o produto de moldagem, seja resinas, gesso, parafinas, cimento, metais de baixo ponto de fusão, etc.,sem necessidade de uso de desmoldante, e retirar após endurecido, conseguindo assim várias reproduções de um mesmo modelo.

A-Pesando os componentes
do silicone.

B-Misturando os componentes
do silicone.

C-Desaerando no vácuo
a mistura da borracha.

D-Despejando no molde
o produto desaerado.
E - Retirando o molde
de silicone curado.
F - Matriz e molde curado
pronto p/ uso em moldagem.
G - Preenchendo o molde
(resina, gesso, parafina, etc..).
H -Molde preenchido.

I - Desmontando o
suporte do molde.
J - Retirando a reprodução
do molde após curado.